Tipos de Açúcares – Por Dieynne Saugo

“SEM AÇÚCAR “, Será? Não se engane! O açúcar pode ter 20 “nomes” diferentes!!! Por isso sempre oriento meus pacientes a prestarem atenção nas denominações presentes nos rótulos. O açúcar pode ser mencionado de diferentes formas, conheça agora todos os Tipos de Açúcares.

Conheça os nomes utilizados:

x glucose de milho
x lactose
x xarope de malte
x glicose
x frutose
x néctares
açúcar cristal
x sacarose
açúcar invertido
açúcar de confeiteiro
açúcar mascavo
açúcar bruto
x mel
açúcar branco/refinado
x melaço/melado
x caldo de cana
x dextrose
x maltose e xarope de milho
x xarope de malte
x maltodextrina

O objetivo da indústria em utilizar vários tipos de açúcares, além da diminuição do custo e aumento da doçura, é mascarar o próprio açúcar na lista de ingredientes, fazendo com que o mesmo deixe de ser o primeiro ou o segundo ingrediente e passe a ser o sexto ou sétimo, por exemplo, já que outros produtos foram utilizados.

#DICADADOUTORA: Entenderam a importância de ler o rótulo dos alimentos? Verifiquem a lista de ingredientes que compõem o alimento antes de comprar ou consumir!

Confira os tipos de açúcares mais comuns usados pela indústria de alimentos:

Dextrose: A dextrose é uma forma de glicose derivada de amidos. É adicionada aos alimentos para adoça-los.

Maltodextrina:  A maltodextrina assim como a dextrose é um carboidrato que também fica disponível rapidamente na corrente sanguínea e é usado pela indústria como adoçante e espessante, conferindo viscosidade e solubilidade aos produtos.

Frutose: A frutose é um carboidrato “simples” presente naturalmente em alguns alimentos como frutas e açúcar refinado. Sua principal característica é o seu aspecto cristalino com grande poder adoçante.

Xarope de glicose/ milho/ guaraná/ malte/ frutose: Os xaropes são originados a partir de qualquer amido e compostos de glicose, maltose ou frutose, a depender da origem.

Açúcar invertido: É um carboidrato composto por glicose e frutose e que teve sua estrutura quimicamente alterada.

Mel: É um composto de glicose e frutose, mas com a presença de vitaminas e minerais.

Melaço ou melado de cana: O melaço é um carboidrato extraído da cana-de-açúcardurante a produção de açúcar refinado, tendo então em sua composição micronutrientes como ferro e cálcio, sendo mais “integral” que o produto final do açúcar.


Drª. Dieynne Saugo @dradieynne | Nutrologia | Medicina Esportiva | Medicina Preventiva (65) 9.8124-3545 (Cuiabá) / (11) 94355-3545 (São Paulo)| É Colunista Semanal do Blog da Sociedade Orgânica |dradieynne@hotmail.com


 

Deixe seu Comentário