CREATINA: Mulher pode tomar? – Por Dieynne Saugo

Hoje vou explicar sobre um suplemento que é utilizado há muito tempo devido seu potente papel ergogenico, trata-se da CREATINA. Afinal, o que é ? Quais seus efeitos? Mulheres podem tomar? Não causa retenção?

Essas são as principais dúvidas que recebo todos os dias no consultório quando prescrevo esse suplemento, por isso resolvi fazer esse post para esclarecer todas as dúvidas.

 • O QUE É CREATINA:

creatina é um aminoácido de ocorrência natural presente no corpo, principalmente no tecido muscular. Embora não seja um nutriente essencial, está intimamente envolvida no metabolismo humano (creatina fosfato) e eventualmente é catabolizada à creatinina na musculatura e excretada pelos rins. Na última década, a suplementação de creatina tornou-se a estratégia nutricional mais popular usada por atletas e praticantes de atividades físicas em geral, como recurso ergogênico natural.

 • EFEITOS RELATADOS POR ESTUDOS:

🏻 Aumento da massa corporal magra;
🏻 Aumento da capacidade de esforço e da velocidade de repetição do esforço;
🏻 Aumento da força, potência e da performance;
🏻 Evita a fadiga aumentando a disponibilidade de fosfato creatina, aumentando a ressíntese de creatina fosfato e reduzindo a acidose muscular.
🏻 Aumenta o metabolismo oxidativo e aumenta a carga de treinamento.

 • MULHERES X CREATINA:

 As mulheres em geral apresentam melhor resposta quando comparada aos homens (em relação a hipertrofia), devido a menor quantidade de creatina no músculo proveniente da alimentação. Também pode melhorar a força isométrica (ou estática) máxima, porém a suplementação não é decisiva para melhora do desempenho anaeróbio.

• RETENÇÃO HÍDRICA:

A suplementação provoca um aumento do volume de água corporal e acredita-se que esse mecanismo facilite o ganho de massa muscular, uma vez que 75% do músculo é constituído por água.

• SOBRECARREGA O FIGADO?

Quando utilizada corretamente (dose e tempo), não acarreta em prejuízo renal em pessoas saudáveis. A suplementação de creatina não deve ser tomada ininterruptamente e em altas dosagens, além disso, quando a ingestão de creatina é superior ao limite máximo de acúmulo no músculo, a sua síntese é  diminuída e  a creatina ingerida é excretada pela urina.

Por isso, procure um profissional da área e saiba como utilizá-la corretamente para maximizar seus efeitos.


Drª. Dieynne Saugo @dradieynne | Nutrologia | Medicina Esportiva | Medicina Preventiva (65) 9.8124-3545 (Cuiabá) / (11) 94355-3545 (São Paulo)| É Colunista Semanal do Blog da Sociedade Orgânica |dradieynne@hotmail.com


 

Deixe seu Comentário